71) OTIMISMO – 14 de janeiro de 2020

  • Apresentações;
  • O copo está meio cheio ou meio vazio?
  • Defina sentimento de OTIMISMO.
  • Texto Beatriz Breves – Otimismo.
  • Vídeo: animação “A Arte do Otimismo”.
  • Falando de sentimentos.
  • Vídeo: Trailer do filme “Uma Lição de Vida”
  • Falando de Sentimentos.
  • Conexão: poesia OTIMISMO de João Carlos Cavalcante.
    – Sentar-se confortavelmente / Fechar os olhos / Respirar lenta e profundamente 3 x / Relaxar;
    Vem comigo buscar o pedaço de felicidade que nos cabe, porque no mínimo, nele, cabe todo mundo, um mundo no sorriso que se enxerga no rosto sincero da criança, nos olhos do idoso refletindo a imagem do neto debochando do medo, que felicidade maior existe? Penso que trair a vida é deixar de sonhar e trocar a esperança pela simples ameaça de fraqueza, porque fracos todos nós somos, mas somos fortes como palitos amarrados. Quero fazer música enquanto você canta uma letra inventada na partilha de cada dia, porque partilhar é o segredo dos fortes e fonte de sabedoria. Vem sonhar a morte como passagem distante e necessária ao próprio conhecimento da verdade e mesmo que nada se descubra, terá sido sanada a maior de todas as dúvidas, mas enquanto esse dia, ainda distante, não chega, porque para quem quer um segundo é vida, vamos profetizando as manhãs como fartura de alegria. Vamos brincar de poeta, quem faz poesia enfeita o tempo e faz renascer, na gota de uma lágrima, a expressão maior de amor, que enfim é o que nos torna gente de bem e dignas de um beijo apaixonado. Vamos de mãos dadas com o desconhecido, porque nele, a renovação que nos lê adiante. Vamos assim mesmo, parecendo bregas do passado, porque é na simplicidade do otimismo, do altruísmo, da poesia, enfim do amor, que nos sentiremos vivos e felizes. (José Carlos Cavalcante)

 

72) ÓCIO

– Sentar-se confortavelmente / Fechar os olhos / Respirar lenta e profundamente 3 x / Relaxar;
– O ócio nos remete à noção de folga, de falta de horário, de compromisso, etc.
No mundo de hoje com sua velocidade, com suas ofertas tecnológicas e de entretenimento, os momentos de folga são preenchidos com mais e mais atividades, pois não suportamos a sensação de que estamos deixando de fazer algo, nos sentindo culpados ou nos ocupamos em excesso para não sentir o vazio ou a angústia existencial de nossa finitude, como diriam os filósofos humanistas. Para essas pessoas o ócio está ligado ao tédio. Além disso, valorizamos o fazer muito, já que pessoas ocupadas se tornaram supervalorizadas.
Como consequência, em nossa cultura, temos o estresse e a depressão e a dificuldade em relaxar se resolve com um ansiolítico juntamente com um antidepressivo, numa postura antinatural, muitas vezes, causando dependência e prejudicando outros aspectos da vida do sujeito.
Entretanto, algumas culturas que, por exemplo, valorizam a sesta ou a doçura italiana do fazer nada permitem a seus habitantes valorizar a vida e apropriar-se de um tempo para apenas ser. Para essas pessoas o ócio está ligado ao prazer.
– Em nossa mente o espaço-tempo é diferente do mundo físico. Temos velocidade e tempo para imaginar e viver o que quisermos. Nesse momento, você acaba de ganhar um dia ocioso inteirinho para fazer o que quiser. Esse dia é só seu. O que gostaria de fazer? O que te daria prazer? Como gostaria de aproveitá-lo? Use esse momento para desfrutar e dar lugar a seu ser. Veja-se, ouça-se, sinta-se nesse ócio. Existe um mundo de possibilidades para você aproveitar. Vou dar mais um tempo para que curta esse dia.
– Sentindo-se muito bem, nutrido ou nutrida por essa experiência, cada qual, no seu tempo, pode voltar ao aqui e agora, abrindo os olhos.

 

73) CONFORMISMO

– Sente-se confortavelmente / Feche os olhos / Respire lenta e profundamente 3 x / Relaxe;
– O conformismo nos coloca numa zona de conforto um tanto quanto enganosa, onde nos moldamos a uma situação optando por permanecer nela, por motivos variados, como se não tivéssemos escolha. Entretanto, o sentimento decorrente desse comportamento se transforma em desconforto acompanhado de peso, resistência ou negação, entre outros, quase sempre reforçado por crenças limitantes que incorporamos a nossa vida como verdades absolutas: a vida é assim mesmo; eu não nasci para o sucesso; estou muito velho para isso; dinheiro não traz felicidade; nunca vou conseguir emagrecer, não dou sorte no amor, etc.
Esses são alguns exemplos de crenças herdadas de nossos pais, adquiridas em nossas experiências pessoais ou sociais. De forma direta ou subliminar, cultivamos e alimentamos essas verdades como parte de nós.
Algumas vezes, a realidade nos impõe limitações às quais nos resta respeitar, superar e aceitar como, por exemplo, na perda de um ente querido. Outras vezes, nós nos impomos limitações diante de situações da vida, por exemplo, quando perdemos um emprego podemos nos conformar ou procurar um novo. Porém, quando nos tornamos conscientes dessas limitações podemos assumir outras escolhas que proporcionem sentimentos leves e agradáveis.
– Nesse momento, eu te proponho se conectar com uma situação que te levou ao conformismo, mas que te incomoda.
Observe se existe uma crença relacionada ao conformismo. Essa é uma crença hereditária, pessoal ou social? Você gostaria de transformar a crença limitante por uma crença fortalecedora? Se a resposta for sim, se pergunte como poderia reformular sua crença? Por exemplo, vontade não é coisa que dá e passa, vontade é coisa que transforma; eu não nasci para o sucesso, eu nasci para ter sucesso, etc. aproveite esse momento para ressignificar sua crença. Através da repetição, incorpore a crença fortalecedora ao seu dia-a-dia;
– Com essa consciência, você pode voltar ao aqui e agora, respirando e voltando e, no seu tempo, abrir os olhos.

 

74) INVEJA

– Sente-se confortavelmente / Feche os olhos / Respire lenta e profundamente 3 x / Relaxe;

– A inveja é um sentimento difícil de ser detectado ou reconhecido, talvez por apresentar um caráter ora preconceituoso, ora supersticioso ou mesmo inconfessável.

Assim como todo o sentimento, sentir inveja é humano. Todos nós, em diferentes níveis já experimentamos esse sentimento e tudo bem sentir inveja.

Nesse momento, traga a sua mente uma situação em que tenha se sentido incomodado, triste ou mesmo infeliz com a alegria, o sucesso ou a felicidade de alguém. Ao reconhecermos a inveja em nós podemos nos conectar e trabalhar conscientemente.

Inveja é uma palavra de origem latina – invidia – que significa não ver, olhar torto. Geralmente, a origem da inveja se encontra em nossa vaidade quando nos comparamos com os outros e detectamos nossas diferenças.  Quem inveja não vê a si, olha somente o outro e seu bem seja ele permanente ou material ou sua beleza, sua inteligência ou sua felicidade ou até mesmo a sua infelicidade. Entretanto, o quanto de felicidade está contido nas realizações do outro?  O mundo perfeito registrado em fotos nas redes sociais é um exemplo explicito disso. Em diferentes períodos e diferentes situações em nossa vida, em comparação com o outro, sempre haverá alguém melhor e sempre haverá alguém pior do que eu. Como não consigo olhar para mim e valorizar minhas conquistas, invejo as conquistas alheias criticando e minimizando suas realizações.

Da mesma forma que todos nós lidamos com a inveja, quantas vezes também nos inspiramos, através do outro, a lutar pelo que desejamos, a valorizar nossas conquistas, a maximizar nossas capacidades e a explorar talentos singulares. Somos seres únicos e especiais e devemos praticar o exercício de olhar para dentro e sentir orgulho de ser quem se é; dessa forma, sentindo-me fortalecida e com a autoestima elevada posso me concentrar em futuros projetos e ser fonte de admiração e não de inveja para outros;

– Com essa consciência, você pode voltar ao aqui e agora, respirando e voltando e, no seu tempo, abrindo os olhos.

 

75) ALTRUÍSMO

ALTRUÍSMO

– Sente-se confortavelmente / Feche os olhos / Respire lenta e profundamente 3 x / Relaxe;

– A palavra altruísmo define um modo de existir em que o “outro” é a razão central da existência. Portanto, ser altruísta envolve amor, respeito, generosidade, empatia, fraternidade, abnegação, doação, disponibilidade, entre outras coisas.

O altruísmo é um sentimento nobre, puro, amadurecido, que evoluiu do ego-ísmo para o outro-ismo; um sentimento desinteressado que não admite gratificações, sejam elas no nível filosófico, egocêntrico ou religioso.

Entretanto, para cultivar um sentimento e uma atitude altruísta torna-se essencial o equilíbrio entre o eu e o outro, entre o dar de si e o dar para si. No afã de cuidar do outro, muitas vezes, nos abandonamos sem reconhecer e respeitar as próprias necessidades, esvaziando nossa energia vital, emocional e até mesmo financeira. Dedicar-se ao outro não exclui cuidar de si e cuidar de si representa reconhecer o próprio valor, a capacidade real de que temos algo para oferecer, equilibrando assim o dar e o receber.

Gostaria de propor uma conexão altruísta consigo mesmo. Imagine que você está de pé em frente a si mesmo sentado nessa cadeira. Diante de você está uma pessoa que também precisa de um gesto seu de altruísmo. Nesse momento, dedique a ela alguns desses sentimentos que acompanham esse gesto: respeito… generosidade… empatia… fraternidade… abnegação… doação… disponibilidade… amor;

– Com essa consciência, agradecemos essa experiência e voltamos ao aqui e agora. Respirando e voltando e abrindo os olhos.

 

76) CARNAVAL

– Sentar-se confortavelmente / Fechar os olhos / Respirar lenta e profundamente 3 x / Relaxar;
– Independente de suas origens, sejam elas pagãs ou religiosas, o carnaval é um período onde a realidade social, com sua moral e suas regras, é suspensa temporariamente, cedendo lugar a uma realidade fantasiosa.
Se, por um lado, as normas impostas pelas instituições nos obrigam a fazer escolhas racionais que atendam as necessidades cotidianas, privando-nos de dar vazão a uma série de emoções, sentimentos e comportamentos, por outro lado, podemos subverter a ordem geral extravasando, sem censura e sem pudores, desejos privados, emoções, sentimentos e comportamentos numa realidade descompromissada, a disposição do próprio tempo, do próprio corpo, da própria vontade. Nessa empreitada, o álcool, as drogas, as máscaras e as fantasias contribuem para a flexibilização da “realidade”;
– O sentimento de carnaval é vivenciado por nós tanto quando estamos confusos, sem saber bem o que fazer com aquilo que sentimos, quanto quando estamos felizes querendo extravasar o que não cabe no peito; ah se eu pudesse…! Ah se o meu dinheiro desse…! Ah se eu fosse… ! Ah se meu corpo permitisse…! Ah… então eu faria um carnaval!
– Nesse momento, vamos ouvir o que disse a Beatriz e experimentar uma folia interna dando vez a uma fantasia oculta, expressa somente no reino da mente; libere sua mente para viver essa fantasia permitindo-se vivê-la por alguns segundos. Em nossa mente podemos criar a realidade que queremos de forma livre, leve e segura. Observe como se sente, que sentimentos afloram em você; apenas sinta, sem censura, sem julgamentos, sem críticas. De uma forma ou de outra, esse é o seu sentimento de carnaval e apenas seu.
– Com essa consciência, podemos retornar ao aqui e agora, respirando e voltando e, cada um no seu tempo, abrindo os olhos.

 

77) SOLIDÃO

Solidão

Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo…
isto é carência.

Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar…
isto é saudade.

Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe às vezes, para realinhar os pensamentos…
isto é equilíbrio.

Tampouco é a pausa involuntária que o destino nos impõe compulsoriamente, para que revejamos a nossa vida…
isto é um princípio da natureza.

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado…
isto é circunstância.

Solidão é muito mais que isto…

Solidão é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão, pela nossa Alma!

 

78) AUTOCONFIANÇA

Sente-se confortavelmente / Feche os olhos / Respire lenta e profundamente 3 x / Relaxe;

A confiança é um sentimento que construímos a partir de nossas interações nas experiências vividas. Da mesma forma, a autoconfiança se desenvolve a partir das conquistas em nossas vivências promovendo satisfação e realização.

Como todo o sentimento, a autoconfiança envolve uma característica daquilo que lhe é familiar, pois tendemos a confiar naquilo ou em quem conhecemos. Além disso, a autoconfiança anda de mãos dadas com a autoimagem, com a autoestima e com a autoeficácia.

Nesse sentido, torna-se fundamental o autoconhecimento, estar consciente dos valores e das crenças limitantes que regem o nosso dia-a-dia, de nossas forças e fraquezas, podemos focar naquilo que nos propomos a fazer, confiando e ampliando nossa capacidade de realização.

Todos nós, em algum nível, já experimentamos esse sentimento. Posso não ser autoconfiante em meus relacionamentos amorosos, mas me sinto muito autoconfiante na profissão que exerço, por exemplo, e vice-versa. Todos nós possuímos nossas inseguranças em alguns aspectos da vida e também acreditamos em nossos talentos em outros; por isso não se compare com os outros, você é único.

Nesse momento, proponho a cada um uma rápida autoanálise:

• Eleja uma área ou situação de sua vida onde se sinta confiante. Área saúde, pessoal, profissional, financeira, emocional…
• Sua autoconfiança está ligada a fatores internos como determinação, por exemplo, ou ligada a fatores externos como a uma pessoa ou objeto, por exemplo?
• Mentalmente, reviva os sentimentos envolvidos e festeje a conquista, visualize a vitória e a confiança proporcionada por essa realização.
• Agora eleja uma área ou situação da sua vida onde se sinta inseguro e queira desenvolver a autoconfiança.
• Imagine que nessa conexão você possa transformar esse sentimento em confiança, como naquilo que você gosta e faz bem. Imagine que você se preparou que você estudou e praticou para isso. Agora caminhe confiante em direção à situação, assuma uma postura corporal de conquista, olhe nos olhos, como se o seu desejo já fosse seu, Veja-se vitorioso.

Esse é um exercício que podemos fazer, condicionando e alimentando esse sentimento em nós, praticando e reavaliando até chegarmos aos resultados.

Desenvolver a autoconfiança em alguma área da vida exige serenidade e tranquilidade, qualidades adquiridas com o conhecimento, o preparo, a disciplina, a prática e a energia que investimos nelas;

Com essa consciência, podemos voltar ao aqui e agora, respirando e voltando e, no seu tempo, abrindo os olhos.

 

79) CORONAVIRUS (on-line)

  • Bem-vindos.
  • Texto Beatriz Breves – Coronavírus
  • Falando de sensações.
  • Falando de Sentimentos.
  • Falando de Pensamentos.
  • Conexão: Coronavírus – por Celi Riche

Sente-se confortavelmente / Feche os olhos / Visualize uma luz branca sobre sua cabeça… Convide a luz a penetrar o seu corpo / Enquanto a luz branca preenche todo o seu corpo, respire lenta e profundamente 3 vezes; inspire serenidade, expire a ansiedade, inspire serenidade, expire as tensões, inspire serenidade, expire os medos.

Agora visualize uma daquelas farmácias antigas.

Na vitrine há uma fileira de potes de diferentes formatos e diferentes tamanhos, contendo líquidos de uma arte antiquíssima que contêm em si as esperanças e os anseios de todos aqueles que já comtemplaram estas cores vivas, na busca de um elixir curativo. O boticário coloca nestes potes muitos dos seus conhecimentos médicos. Isto faz com que eles possuam, portanto, um grande potencial de cura.

A luz da vitrine ilumina os potes medicinais contendo esperança, paz, tranquilidade, coragem, fé, otimismo, alegria, força, confiança, paciência, amor, entre outros. Todos nós precisamos de alguns desses bálsamos, porém, nessa conexão, um em especial te chama atenção; contemple os potes, escolhendo aquele que mais se adequa a sua necessidade, nesse momento. Feito isso, beba seu elixir de luz e visualize o centro do seu coração perfeito, seu sistema imunológico fortalecido, revitalizado, livre de inquietações.

Essa é a sua verdadeira natureza. Permita que esse sentimento se manifeste em seu mundo interno e seu mundo externo;

Com essa consciência, podemos voltar ao aqui e agora, respirando e voltando e abrindo os olhos.

 

80 – Medo (reapresentado – on-line) – 31 de março de 2020.

81 – Confiança (reapresentado – on-line) – 7 de abril de 2020.

82 – Paciência (reapresentado – on-line)- 14 de abril de 2020.

83 –  Desalento (reapresentado – on-line)- 21 de abril de 2020.

84 –  Colocação de imagens e sentimentos – 28 de abril de 2020.

85 – Caridade (reapresentado – on-line)- 5 de maio de 2020.

86 – Desejo (reapresentado – on-line) – 19 de maio de 2020.

87 – Ânimo e Desânimo  (reapresentado – on-line) -19 de maio de 2020.

88 – Agora–  (reapresentado – on-line)  –   26 de maio de 2020.

89 – Respeito–  (reapresentado – on-line) – 2 de junho de 2020.

90 – Tolerância –  (reapresentado – on-line) – 9 de junho de 2020.

91 – Existência – (reapresentado – on-line) – 16 de junho de 2020.

92 – Nostalgia – (reapresentado – on-line) – 23 de junho de 2020.

93 – Ciúme – (reapresentado – on-line) –  30 de julho de 2020.

94 – Paixão – (reapresentado – on-line) – 7 de julho de 2020.

95 – Aconchego –  (reapresentado – on-line) -14 de julho de 2020

96 – Encanto – (reapresentado – on-line) – 21 de julho de 2020

97 – Vida – (reapresentado – on-line) 28 de julho de 2020

98 – Preocupação– (reapresentado – on-line) 4 de agosto de 2020

99 – Dúvida – (reapresentado – on-line) 12 de agosto de 2020

 

100) PERSEVERANÇA – 18 de agosto de 2020

– A PERSEVERANÇA é o segredo dos fortes.
– Quem espera sempre alcança.
– Nunca desista de seus objetivos. Etc.

 

101) INSEGURANÇA – 25 de agosto de 2020

1) A insegurança te faz acreditar no que ninguém te disse.
2) A insegurança é uma espécie de uma âncora que, de certa forma, nos mantém seguros, mas nos prende a um único lugar.
3) Você é maior do que todas as suas inseguranças.
4) Acho que a insegurança é um dos piores sentimentos. Porque a gente sempre precisa de alguma certeza. Estar inseguro é como patinar no gelo.
Matheus Rocha
5) Eu não tenho opinião definida sobre nada. Não acho que isso seja insegurança. Acho que é abertura, que tudo é passível de uma outra interpretação.
Caio Fernando Abreu
6) A insegurança nos impede de realizar coisas extraordinárias, de conhecer lugares incríveis e de nos conectarmos com pessoas maravilhosas.
7) A insegurança é uma voz que, nem sempre, nos diz a verdade.
8) A insegurança me prende no passado pelo medo do futuro.
9) Insegurança: parece um mosquitinho, mas é só dar atenção que vira um monstro.
10) Em uma sociedade que lucra com sua insegurança, gostar de si mesmo é um ato de rebeldia.
11) A insegurança e a frustração levam o homem à violência e à guerra. John Lennon
12) A INSEGURANCA É FRUTO DO MEDO. Alves Mota
13) A INSEGURANÇA DA VIDA É UMA INSTABILIDADE QUE SE CORRIGE NO RISCO DA EXISTÊNCIA.

 

  • 102)  – 01 de setembro de 2020

Conexão: bate-bola – FÉ

Suba o primeiro degrau com fé. Não é necessário que você veja toda a escada. Apenas dê o primeiro passo.

Martin Luther King (pastor batista norte americano do séc. XX).

O primeiro pecado da humanidade foi a fé; a primeira virtude foi a dúvida.

Carl Sagan (cientista norte americano do séc. XX).

Se um homem tiver realmente muita fé, pode dar-se ao luxo de ser cético.

Friedrich Nietzsche (filósofo alemão do séc. XIX).

Cada um tem a idade do seu coração, da sua experiência, da sua fé.

George Sand (escritora francesa do séc. XIX).

A fé é o instinto da ação…

Fernando Pessoa (escritor português do séc. XIX/XX).

A fé não é algo para se entender, é um estado para se transformar.

Mahatma Gandhi (advogado indiano do séc. XIX/XX).

A fé é a mais elevada paixão de todos os homens.

Soren Kierkegaard (filósofo dinamarquês do séc. XIX).

O milagre é o filho predileto da fé.

Johann Goethe (escritor alemão do séc. XVII / XIX).

A fé pode ser definida, em resumo, como uma crença ilógica na ocorrência do improvável.

L. Mencken (jornalista norte americano do séc. XIX).

No fundo, sinto que a minha vida é sempre governada por uma fé que já não tenho. A fé tem isto em particular: mesmo quando desaparece, continua a agir.

Ernest Renan (filósofo francês do séc. XIX).

E a atitude de fé é o oposto do apego à crença.

Alan Watts (filósofo britânico do séc. XX).

Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que não se veem.
Hebreus 11:1

Ter fé é assinar uma folha em branco e deixar que Deus nela escreva o que quiser.

Santo Agostinho( teólogo do séc. 5 dc onde hoje é a Argélia).

Ter fé é dançar na beira do abismo.

Friedrich Nietzsche

Não coloque limites em seus sonhos. Coloque fé.

A fé ilumina nosso coração e nos faz enxergar o positivo mesmo quando parece não existir nada de bom.

Ter um sonho não basta, é preciso acreditar que o podemos alcançar e transformar essa fé no motor que nos levará até ele.

Talento também precisa de fé, essa certeza inabalável de que apesar das derrotas o sucesso acabará chegando.

Que minha coragem seja maior que o meu medo, e que minha força seja tão grande quanto a minha fé.

 

103) TÉDIO – 08 de setembro de 2020

 

1- O trabalho poupa-nos de três grandes males: tédio, vício e necessidade.
Voltaire (escritor francês, sé. XVIII).
2- As grandes convivências estão a um milímetro do tédio.
Nelson Rodrigues (escritor pernambucano, séc. XX).
3- O repouso é uma boa coisa, mas o tédio é seu irmão.
Voltaire
4- O tédio é o pior de todos os estados.
Voltaire
5- O tédio é a expressão suprema da indiferença.
Ricardo León (poeta espanhol, séc. XIXI/XX).
6- Se os macacos chegassem a experimentar tédio, poderiam tornar-se gente.
Johann Goethe (escritor alemão, séc. XVIII/XIX).
7- A beleza interessa nos primeiros quinze dias; e morre, em seguida, num insuportável tédio visual.
Nelson Rodrigues
8- Atenção: Essa vida contém cenas explícitas de tédio. Nos intervalos da emoção.
Alice Ruiz (poeta paranaense – esposa Paulo Leminsky).
9- Nunca tive dinheiro para poder ter tédio à vontade .
Fernando Pessoa (poeta português, séc. XIX/XX).
10- Após o homem ter posto todo sofrimento e tormento no inferno, nada restou para o céu senão o tédio.
Arthur Schopenhauer (filósofo polonês, séc. XVIII/XIX).
11- Reclamar do tédio é fácil, difícil é levantar da cadeira para fazer alguma coisa que nunca se fez.
Martha Medeiros (escritora gaúcha).
12- A cura para o tédio é a curiosidade. Não existe cura para a curiosidade.
Ellen Parr (designer gráfica americana).
13- O segredo para não ter tédio, pelo menos para mim, é ter ideias.
Eugène Delacroix (pintor francês, séc. XIX).
14- O segredo para não ter tédio, pelo menos para mim, é ter ideias.
Eugène Delacroix
15- Assim como a necessidade é a praga do povo, o tédio é a praga do mundo abastado.
Arthur Schopenhauer
16- Se você sente tédio quando está sozinho é porque está em péssima companhia.
Jean-Paul Sartre (filósofo francês, séc. XX).
17- Prefiro morrer de paixão a morrer de tédio.
Vincent van Gogh (pintor holandês, séc. XIX).
18- Toda minha vida é um esforço para escapar do tédio do cotidiano. Esses pequenos problemas ajudam.
Sherlock Holmes (personagem, escritor britânico Arthur Conan Doyle, final séc. XIX).
19- Não existe um domingo tédio, quando se tem um bom sábado.
​Tássio Noronha (escritor baiano).
20- A vida do homem moderno se resume em três “T”s: Tv, tédio e transtornos.
Murilo silva (escritor capixaba).
21- Não sei se ter tudo o que se quer, realmente trás felicidade ou tédio.
Tiane Fróes (escritora baiana).
22- Domingo
O tédio e a diversão múltipla dos domingos amam entrelaçar-se.

( In: O Avesso das Coisas – 6º Edição, 2007.)
Carlos Drummond de Andrade
23- O Tédio é Afrodisíaco
Luciene Luba (escritora paulistana).
24- Só a arte nos salva do tédio.
Edna Frigato (escritora paulistana).

 

104 – HUMILDADE – 15 de setembro de 2020

A humildade é a única base sólida de todas as virtudes. Confúcio (filósofo chinês, séc. 5 A/C).

O topo da inteligência é alcançar a humildade. Textos Judaicos

Quanto maiores somos em humildade, tanto mais próximos estamos da grandeza. Rabindranath Tagore (escritor, músico, dramaturgo indiano, séc. XIX/XX).

O orgulho divide os homens, a humildade une-os. Henri Lacordaire (religioso dominicano francês, séc. XIX).

O homem moderno não combate as calamidades com a humildade; descobriu que elas devem ser combatidas com os conhecimentos científicos. Bertrand Russell (filósofo, matemático inglês, séc. XIX/XX).

O maior líder é aquele que reconhece sua pequenez, extrai força de sua humildade e experiência da sua fragilidade. Augusto Cury (psiquiatra, escritor brasileiro).

O segredo da sabedoria, do poder e do conhecimento é a humildade. Ernest Hemingway (escritor norte-americano, séc. XX).

Pensamos demasiadamente e sentimos muito pouco. Necessitamos mais de humildade que de máquinas. Mais de bondade e ternura que de inteligência. Sem isso, a vida se tornará violenta e tudo se perderá. Charles Chaplin (ator, diretor, compositor, roteirista, produtor, editor britânico).

Em tempo de paz convém ao homem serenidade e humildade; mas quando estoura a guerra deve agir como um tigre! William Shakespeare (escritor,dramaturgo, inglês, séc. XVI/XVII).

Só eu sei que cheguei à humildade máxima que um ser humano pode atingir: confessar a outro ser humano que precisa dele para existir. Caio Fernando Abreu (escritor, dramaturgo brasileiro, séc.XX).

Sejais nobres como o Sol, que tem a humildade de emprestar a sua luz para que outros possam brilhar também. Augusto Branco (escritor brasileiro).

Excelência e humildade verdadeiras não são incompatíveis uma com a outra, ao contrário, elas são irmãs gêmeas. Jean Baptiste Lacordaire (teólogo, jornalista francês, séc. XIX).

Humildade não é se declarar pequeno. Humildade é reconhecer suas forças e suas fraquezas e perante isso buscar o seu melhor. Projota (rapper, compositor, ator brasileiro).

Foi o orgulho que transformou anjos em demônios, mas é a humildade que faz de homens anjos. Santo Agostinho (teólogo, filósofo, séc.5 D/C).

A humildade reconhece a própria limitação e necessidade. Está aberta a receber ajuda, a ser ensinada e não se ressente de um bom conselho. John Piper (professor norte-americano).

O professor é aquele que sempre está se atualizando e tem a humildade para reconhecer que é um eterno aprendiz nesse mundo de conhecimentos e mistérios. Mauricio costa (diretor, roteirista brasileiro de cinema).

Humildade não é sinônimo de pobreza, humildade é saber chegar em qualquer lugar independente de quem você seja! Israel Ziller (escritor, brasileiro).

A verdadeira humildade não é pensar menos de si mesmo, mas pensar menos em si mesmo.  S. Lewis (escritor, ensaísta, teólogo irlandês, séc.XIX/XX).

A melhor professora da vida é a humildade. Ela nos ensina a reconhecer nossos erros e a pedir perdão. Sergio Bezerra da Silva (oficial de justiça pernambucano que matou Lampião, séc. XX).

Aquele que muito exalta sua própria humildade, não tem humildade suficiente para entender o que significa ser humilde. Tico Santa Cruz (músico, escritor brasileiro).

 

105) MÁGOA – 22 de setembro de 2020

Fiquei magoado, não por me teres mentido, mas por não poder voltar a acreditar-te. Friedrich Nietzsche (filósofo alemão, séc. XIX).

A mágoa altera as estações e as horas de repouso, fazendo da noite dia e do dia noite. William Shakespeare (escritor inglês, séc. XVI/XVII).

A mágoa profunda tem menos poder para atingir / O homem que dela faz troça, e não a carrega como um fardo. William Shakespeare

Há um limite nas dores e mágoas que termina a nossa vida, ou melhora a nossa sorte. Marquês de Maricá (escritor, político carioca, séc. XVIII/XIX).

É de minha responsabilidade não ficar triste, não deixar ninguém me magoar, não deixar que nada de ruim me aconteça. Martha Medeiros (escritora gaúcha).

Toda mágoa é orgulho ferido. Luiz Gasparetto (médium, psicólogo, escritor paulista, sé. XX/XXI).

Evite sentimentos corrosivos como o rancor, a raiva e as mágoas, que nos tiram noites de sono e em nada afetam as pessoas responsáveis por causá-los. Friedrich Nietzsche

A morte deixa uma mágoa que ninguém pode curar, o amor deixa uma memória que ninguém pode roubar. Khalil Gibran (escritor, filósofo libanês, séc. XIX/XX).

Se não fosse amor, não haveria planos, nem vontades, nem ciúmes, nem coração magoado. Caio Fernando Abreu (escritor, jornalista gaúcho, séc. XX).

Eu não sei onde mora a raiz da mágoa. O que sinto é sua ardência na alma. Padre Fábio de Melo (sacerdote católico, artista, escritor, professor mineiro).

A mágoa é o veneno que se toma, pretendendo matar o outro.  William Shakespeare

Quando você é magoado, você nunca volta a ser o que era antes. Desconhecido

Bebia para afogar as mágoas, mas as malditas aprenderam a nadar. Frida Kahlo (pintora mexicana, séc. XX).

Por mais que a verdade doa, a sinceridade nunca magoa. Tania Morais

A melhor forma pra não me magoar é fingir que eu não tenho um coração. Charlie Harper (personagem ficção de seriado americano).

Sentimentos hoje são tão descartáveis que as pessoas preferem magoar umas as outras a dizer que foi bom enquanto durou Fernanda Dac (frases para internet).

“Trabalhe como se não precisasse do dinheiro. Ame como se nunca tivesse sido magoado. Dance como se ninguém estivesse a ver.” Satchel Paige (atleta de baseball americano, séc. XX).

Pessoas suscetíveis à mágoa tendem a encontrar ofensas onde elas não existem John C. Maxwell (escritor, pastor evangélico, Americano).

Marta Medeiros (escritora gaúcha).

Algumas mágoas são tão íntimas que seria falta de consideração abandoná-las. Carlana Chaves (frases para internet).

A vida é um desafio, as coisas mudam diariamente. Não existe uma fórmula para não se magoar, cabe a nós saber decidir o que vale a pena. Fernando Vieira (jornalista, radialista gaúcho, séc. XX).