FALANDO DE SENTIMENTOS – ANGÚSTIA

ANGÚSTIA

Por Beatriz Breves

Em minha experiência, quando a angustia vem, é preciso paciência e, por vezes, é necessário reconhecer a necessidade de um colo em relação a carinho e compreensão.

Variando em escalas, na angustia o peito estrangula e o EU sufoca.

Trata-se de uma dor que pode doer tanto a ponto de deixar a pessoa aprisionada e indefesa diante do expurgo de sua própria tormenta psíquica.

A angustia maltrata.

A angustia suga.

A angustia trava a pessoa em seu próprio sofrimento.

 

Sentimento publicado no livro “Falando de Sentimentos com Beatriz Breves. p.25. RJ:Mauad X. 2019.

www.mauad.com.br

 

Você também pode se interessar por: