FALANDO DE SENTIMENTOS – AMARGURA

A AMARGURA Por Beatriz Breves Hoje moro na rua da amargura Onde o dia não se desperta para mim E o desamparo é o meu vizinho. Como cheguei aqui? Não sei. O que fiz comigo? Não tenho ideia. Só sei que sou um poço de sentimento de amargura. Entre tristezas e dissabores Perdi o doce … Continue lendo

FALANDO DE SENTIMENTOS – ARREPENDIMENTO

O ARREPENDIMENTO Por Beatriz Breves É comum se ouvir dizer: “- Se arrependimento matasse…” O arrependimento é um sentimento que pode estar de mãos dadas com o de vergonha, a pessoa ruboriza só de lembrar o que fez. Pode estar também abraçado ao sentimento de culpa, quando o peito se estrangula pela memória do acontecido. … Continue lendo

FALANDO DE SENTIMENTOS – CULPA

A CULPA Por Beatriz Breves O Eu entre sombras, se faz promotor. O Eu entre Eus, se faz júri. O Eu entre austeros, se faz juiz. E, sem defesa, a condenação é certa. O promotor acusa, o júri condena, e o juiz profere a sentença: _ O Eu foi condenado ao sentimento de culpa até … Continue lendo

FALANDO DE SENTIMENTOS – RESPONSABILIDADE

A RESPONSABILIDADE Por Beatriz Breves A Responsabilidade pertence ao grupo de sentimentos que se materializa nas ações. Uma pessoa só se torna responsável se ela sente responsabilidade. É um sentimento difícil porque é necessário desnudar-se diante de si para senti-lo, pois implica no reconhecimento das virtudes e dos defeitos pessoais. E, ainda, ele impõe-se ao … Continue lendo

FALANDO DE SENTIMENTOS – PREPOTÊNCIA

A PREPOTÊNCIA Por Beatriz Breves Fazendo uma analogia com uma árvore genealógica, o sentimento de prepotência poderia ser considerado o filho da arrogância com o descaso, pois leva a pessoa não só a se sentir superior ao outro, mas como também a fazer pouco caso do outro. Sem falar do olhar da prepotência, que é … Continue lendo

FALANDO DE SENTIMENTOS – ÂNIMO

O ÂNIMO Por Beatriz Breves Funcionado como um gas para o espírito, o sentimento de ânimo motiva a pessoa, reafirma a persistência e confirma o ser. Aquele que tem ânimo se aventura no desconhecido, enfrenta os desafios e vislumbra novos horizontes. Em contrapartida, se o ânimo falta, a desmotivação se põe a espreita, a indiferença … Continue lendo

FALANDO DE SENTIMENTOS – RESPEITO

O RESPEITO Por Beatriz Breves O respeito tende a se apresentar predominantemente agregado a outros sentimentos. Se com o de admiração, a pessoa tende a se sentir subordinada, mas sem se sentir inferiorizada. Se com o de tolerância, a tendência é o acolhimento das diferenças. Se com o de reconhecimento, manifesta-se nos valores éticos da … Continue lendo

FALANDO DE SENTIMENTOS – A DESILUSÃO

A DESILUSÃO Por Beatriz Breves O sentimento de desilusão aprisiona as cores da vida, deixando a pessoa presa em um ambiente cinza escuro nebuloso. Cinza também imposta ao sonho, que então perde a colorido da credibilidade. De fato, quanto maior a desilusão, mais fechada é a cerração que pode então deixar mais clara ou mais … Continue lendo

FALANDO DE SENTIMENTOS – O CARINHO

O CARINHO Por Beatriz Breves Doce como o mel e singelo como as rosas, assim é o sentimento de carinho. Seu sabor aquece o ser e suas cores embelezam a vida. Às vezes se reflete no olhar, em outras em um leve toque. Pode também se apresentar na intenção de um gesto, em uma palavra … Continue lendo

FALANDO DE SENTIMENTOS – O AGORA

O AGORA Por Beatriz Breves Imersa no sentimento de agora, da única realidade que existe, escorro-me por entre as minhas próprias mãos. O tempo conciso no instante, não pode haver amanhã quando o ontem já se foi. E isso porque enquanto o passado se condensa no presente, o futuro se precipita no abismo do vazio. … Continue lendo