JOÃO E MARIA

João era um rapaz rico, inteligente, educado de boa família.
Maria era uma moça pobre, inteligente, mas era semianalfabeta, nunca frequentou um colégio sabia ler, mas não se lembrava de como aprendeu nem quem lhe ensinou. Trabalhava numa loja de modas como vendedora. Era triste, muito tímida e sofrida.

Um dia uma colega de trabalho a convidou para o casamento de sua irmã e ela foi – queria ver como era um casamento – lá, encontrou, na festa, João.

Ele se aproximou e ficou encantado com a beleza de Maria. Ela, envergonha, abaixou a cabeça. Naquela noite não se falaram.

No dia seguinte ele estava lá na porta da loja onde Maria trabalhava – como ele ficou sabendo ninguém sabe. A partir desse dia, todos os dias, ele ia ao encontro de Maria.
Iniciaram um namoro. Mas era um namoro diferente ele dava aulas para ela e ensinava tudo o que ela precisava aprende. Maria aprendia com facilidade.

Quando se sentiu capaz foi trabalhar numa firma como ajudante da secretária.

Casaram e Maria nunca mais deixou de estudar.

João cada vez mais orgulhoso de Maria.
Maria cada vez mais progredindo nos estudos. Fez um concurso e foi trabalhar numa grande empresa como secretária.

O final? Foram felizes para sempre

Esta entrada foi publicada em Era Uma Vez... on-line por Iris Seródio. Adicione o link permanente aos seus favoritos.