DANIEL

O sol parou de brilhar,
O vento parou de ventar
O pássaro parou de cantar.
Tudo parou para o Daniel
Que vinha passar.
Foi rápida a sua passagem.
Só se mostrou para o pai.
Ninguém mais o viu.
Um dia o sol voltará a brilhar,
O vento ventará, O pássaro cantará
E todos nós cataremos
Com o Rafael que acabou de chegar.

Esta entrada foi publicada em Era Uma Vez... on-line por Iris Seródio. Adicione o link permanente aos seus favoritos.